Terça-feira, 21 de Fevereiro de 2012

Ervas daninhas

Interessante artigo de um site de Kendo. Aplica-se a todas as artes marciais. Infelizmente…

Ervas daninhas


Em todos os campos da atividade humana existem os bons e maus profissionais. A despeito de que tipo de serviços oferecem ou competência, sua formação é um elemento imprescindível para garantir a prestação autêntica de um trabalho que exige conhecimento profundo.

Obviamente, nas artes marciais, isso não é exceção. Para se atingir o nível de conhecimento e de técnica para lhe garantir o título de “instrutor”, é necessário um imenso investimento, que é muito difícil de quantificar em termos de tempo, dinheiro e sacrifícios diversos.

Nossa maneira objetivista de enxergar a formação profissional está relacionada ao termo “treinamento”. Para se exercer uma função específica, você será treinado por um profissional mais experiente e no mínimo de tempo possível, estará produzindo para a empresa onde trabalha. Da mesma forma, é possível estabelecer um paralelo com o ensino superior, onde cursos de quarto anos o tornam profissional especializado em determinada área.

Mas isso não se aplica às artes marciais, acredito. Não serão cursos técnicos listados em um currículo que irão determinar a competência de um instrutor. Tudo porque o fator “tempo” é crucial num julgamento preliminar que irá criar a impressão que temos de um instrutor. Com mais anos de treino, certamente ele é experiente e esse é o ponto essencialmente mais valorizado no universo tradicional das artes marciais.

Mochida Moriji - um dos últimos 10º dan

 


publicado por camilocarneiro às 10:26
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 5 de Janeiro de 2012

Aikido e Geometrias

Aikido e Geometrias

 



Uma das figuras geométricas mais comummente associadas ao aikido é o círculo.
O círculo, a par da elipse, simboliza não só a área de acção do aikidoca, cujo eixo é seu corpo, mas também a base dos movimentos do aikido (fig.1).
A eficácia da aplicação da técnica do aikido por parte daquele que recebe o ataque (tori) é, por sua vez, determinada pela conquista do centro de equilíbrio do que desfere o ataque (uke), trazendo-o, através de movimentos circulares ou elípticos, para a sua área de controlo, para o seu círculo.

"Através do aikido qualquer um pode controlar um oponente simplesmente com um só dedo.
Desenha um circulo imagináro ao teu redor em que o teu próprio centro (o centro do teu corpo) é o ponto central desse círculo.
Dentro dessa esfera (ou círculo) podes controlar até o mais potente atacante. Enquanto te mantiveres dentro dela ele não terá qualquer poder sobre ti, poderás dominá-lo com um só dedo e poderás controlar o ataque.
Mantém-te sempre no centro. Se perderes o centro, perdes o controlo."
 

Morihei Ueshiba (com base na tradução inglesa)

fig. 1


Uma outra figura geométrica associada ao aikido é o triângulo.
O triângulo é a figura geométrica desenhada pelos pés do tori na posição de guarda, tecnicamente é designada por "kamae" (fig. 2). Poderá parecer pouco estável mas é uma posição óptima para desferir o contra-ataque, já que permite toda uma variedade de movimentos de resposta ao ataque, quer sejam movimentos de entrada de antecipação, quer sejam de rotação com saída da linha do ataque.

fig. 2



A última figura geométrica é o quadrado.
O quadrado simboliza a força, a estabilidade, o controlo. É a geometria assumida pelo corpo do tori no momento que antecede a projecção ou a neutralização do uke. O momento em que ele possui total controlo sobre o uke (fig. 3).

fig. 3


É a harmonia total entre estas três geometrias que permite a prática do aikido na sua plenitude.
Se só nos focarmos na geometria triangular, o aikido será incisivo mas frágil; se só nos focarmos na forma circular, o aikido será como um turbilhão mas inconclusivo; se só nos focarmos puramente no quadrado, o aikido será forte mas rígido.

Sejamos, então, triângulo para entrar no círculo do uke, círculo para o desequilibrar e trazê-lo, de modo fluído, para o centro do nosso círculo, aproveitando a sua inércia e, por fim, quadrado para o controlar e neutralizar o ataque.



Bibliografia:
"Aikido Principles", Stefan Stenudd, ed. Arriba, Suécia
"The Secret Teaching of Aikido", Morihei Ueshiba (tradução de John Stevens), ed. Kodansha International

publicado por camilocarneiro às 14:23
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 4 de Janeiro de 2012

Bernard Palmier Sensei - Porto 2011

 

publicado por camilocarneiro às 14:59
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 2 de Janeiro de 2012

Tamura Nobuyoshi 8th Dan Aikido

publicado por camilocarneiro às 11:55
link do post | comentar | favorito
Sábado, 31 de Dezembro de 2011

48th All Japan Aikido - Endo Seishiro Shihan

publicado por camilocarneiro às 11:49
link do post | comentar | favorito

#Idioma

#sobre mim

#posts recentes

# Ervas daninhas

# Aikido e Geometrias

# Bernard Palmier Sensei -...

# Tamura Nobuyoshi 8th Dan ...

# 48th All Japan Aikido - E...

#Setembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

#arquivos

# Setembro 2013

# Agosto 2013

# Fevereiro 2013

# Novembro 2012

# Agosto 2012

# Maio 2012

# Abril 2012

# Março 2012

# Fevereiro 2012

# Janeiro 2012

# Dezembro 2011

# Novembro 2011

# Outubro 2011

# Setembro 2011

# Agosto 2011

# Julho 2011

# Junho 2011

# Maio 2011

# Abril 2011

# Dezembro 2010

# Novembro 2010

# Outubro 2010

# Julho 2010

# Abril 2010

# Março 2010

# Janeiro 2010

# Dezembro 2009

# Novembro 2009

# Outubro 2009

# Julho 2009

# Maio 2009

# Abril 2009

# Março 2009

# Fevereiro 2009

# Janeiro 2009

# Dezembro 2008

# Novembro 2008

# Outubro 2008

# Agosto 2008

# Julho 2008

# Junho 2008

# Maio 2008

# Abril 2008

# Março 2008

# Fevereiro 2008

# Janeiro 2008

# Dezembro 2007

# Novembro 2007

# Outubro 2007

# Setembro 2007

# Agosto 2007

# Julho 2007

# Junho 2007

# Maio 2007

# Abril 2007

#subscrever feeds